áreas de actuação

Internacionalização de Empresas

O mercado nacional nacional não lhe permite vender?
A sua empresa está presa na crise ?
Sente que o mercado internacional é uma boa hipótese para a sua empresa?

Internacionalizar é um dos pontos chave do Quadro de referência estratégico nacional (QREN). Os apoios à internacionalização são uma das tipologias de projetos inseridos no Sistema de Incentivo Qualificação de pequenas e médias empresas, na qual exportar centra-se como principal mecanismo das PME.

Internacionalizar a sua empresa !

internacionalizar-exportar-dualupconsultores
Atualmente, a internacionalização das empresas é fundamental para a estratégia de crescimento de uma empresa. Neste âmbito foram criados meios para o apoio destas iniciativas, visando a internacionalização da economia e incentivos à exportação. A apresentação de projetos neste âmbito da Qualificação e Internacionalização das pequenas e médias empresas, ser realizado a título individual ou em cooperação.

Ações de apoio Dual Up Consulting

Fuja à crise, internacionalize a sua empresa! Contacte-nos

internacionalização é fator primordial no tecido empresarial português neste contexto atual. É cada vez mais uma estratégia para assegurar a competitividade e expansão de uma empresa, através de estratégias de internacionalização empresas. Internacionalizar para crescer é uma questão fundamental para as empresas portuguesas. Exportar é o mecanismo de eleição do tecido empresarial, através da expansão da venda dos produtos e serviços a mercados internacionais.

Exportar, o meio comummente utilizado na internacionalização da empresa, apresenta as seguintes vantagens competitivas:
  • Aumento do ciclo de vida de um produto ou serviço e quebra na sazonalidade;
  • Acréscimo na margem comercial;
  • Exploração de novas oportunidades de negócio existentes em nichos de mercado;
  • Avanço na cadeia de valor do produto/serviço/processo;
  • Aumento de produtividade e competitividade, potenciado pela entrada de novos players internacionais no mercado em que a empresa, tradicionalmente, opera.
 
Um processo de internacionalização  pode assumir diversas modalidades, que poderão corresponder a diferentes momentos de implementação junto do mercado que se pretende abordar:
  • Exportação ocasional – onde a empresa pretende exportar os seus produtos e serviços sem periodicidade e em momentos definidos previamente;
  • Exportação por intermédio de agente – os produtos ou serviços a exportar serão alvo de desenvolvimento local, através de agentes autorizados;
  • Exportação por intermédio de filial comercial – os produtos e serviços a exportar serão comercializados através da abertura, no País de destino, de uma empresa;
  • Implantação produtiva que se susbtitui, total ou parcialmente, ao fluxo de exportação.

Incentivos & Apoios à internacionalização

Prospecção de mercados & clientes internacionais

No entanto o empreendor deverá ter em mente que o processo de exportar ou internacionalizar uma empresa é um processo complexo, que carece, para além do apoio, ao nível financeiro, de uma estratégia consolidada e do profundo conhecimento do mercado em que se vai começar a negociar e exportar.

Só deste modo será possível constituirem-se estratégias eficazes a este cenário global, conseguindo competitividade num mercado tão amplo.
Na definição de estratégias de internacionalização, o método de entrada num mercado ou a escolha dos países deve ter em consideração condicionantes relacionadas com os diversos contextos deste país tanto a nível económico e social, bem como questões logísticas e condições legais em vigor em determinado país. Esta análise prévia constituir-se-á como fator chave do sucesso ao exportar.

Uma das possibilidades poderá passar pela intermediação direta de um agente de exportação, possibilitando ao seu produto uma maior rapidez e facilidade de acesso aos mercados internacionais.

Aceder à nossa secção de prospecção de mercados internacionais.

* Este site respeita o novo acordo ortográfico